Reforma da Previdência é essencial para os municípios, afirma presidente da CNM

0
47

“A reforma da Previdência é exatamente um dos pontos, dos pilares, mais importantes da administração municipal Até porque 49,5% do nosso gasto é com pessoal, os 6 milhões de servidores

Tem 4 milhões nos chamados Fundos Próprios de Previdência Então, com a reforma da Previdência, cai sensivelmente em torno de 9,8% a alíquota da prefeitura para sustentar atuarialmente, que seja tecnicamente viável aquele fundo.

Vejam que a reforma da Previdência, ela tem um significado federativo E quando eu digo “não prejudica ninguém”, não prejudica mesmo. Vocês já viram que tópico da idade não há problema de nenhuma natureza; na hipótese de direito adquirido, nenhuma dificuldade; na hipótese do Benefício de Prestação Continuada, estão fora; na hipótese do trabalhador rural, estão fora.”

Esta foi a fala do Presidente da CNW, que possivelmente não entende muito bem como funciona a Reforma da Previdência, visto que com a diminuição dos fundos repassados para as prefeituras, haverá claramente um aumento dos gastos junto ao pagamento de pessoal.

Fica confuso para o trabalhador e cidadão, quando há tantas “verdades” espalhadas por todo o Brasil, sendo claro que não há bastante informação para ser aprovada a tão apressa reforma.

É necessário que se haja maiores estudos e debates com a sociedade civil, a fim de que o conhecimento do impacto resultando de sua aprovação seja melhor explicada e até entendida.

A reforma trabalhista por exemplo, em seus dois primeiros meses após sua aprovação, houve declínio em contratação de empregados, e uma piora na qualidade do trabalho do ciadão Brasileiro.

É hora de buscarmos nossos direitos e seguirmos o que achamos corretos.